Justiça britânica anula decisão prévia sobre ouro da Venezuela favorável a Guaidó

Justiça britânica anula decisão prévia sobre ouro da Venezuela favorável a Guaidó

Trinta toneladas do produto estão depositadas no banco da Inglaterra

AFP

Justiça britânica anula decisão prévia sobre ouro da Venezuela favorável a Guaidó

publicidade

Um tribunal de apelações de Londres anulou, nesta segunda-feira (5), uma decisão judicial anterior que reconheceu, em julho passado, o líder da oposição venezuelana Juan Guaidó como o único qualificado para determinar o destino de 30 toneladas de ouro depositadas no Banco da Inglaterra.

Veja Também

Considerando que o governo britânico pode continuar reconhecendo "de fato" a administração de Nicolás Maduro, apesar de ter reconhecido Guaidó politicamente como "presidente interino da Venezuela", a Corte de Apelação ordenou que uma investigação aprofundada fosse realizada para determinar a quem cabe o controle real desses fundos.

 


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895