Kim Jong-Un supervisiona teste de "nova arma" norte-coreana
capa

Kim Jong-Un supervisiona teste de "nova arma" norte-coreana

Agência KCNA informou disparo de dois projeteis em direção ao Mar do Leste

Por
AFP

Kim justificou testes como "advertência solene" aos EUA e Coreia do Sul

publicidade

O líder norte-coreano, Kim Jong-Un, supervisionou na sexta-feira o teste de uma "nova arma", anunciou a agência oficial de notícias KCNA neste sábado. O tiro, o sexto em três semanas, deve complicar os esforços do enviado especial americano à Coreia do Norte, Stephen Biegun, que na próxima semana viaja a Japão e Coreia do Sul para discutir a "desnuclearização" da Coreia do Norte.

A agência KCNA destacou que o teste foi realizado "na presença do Líder Supremo", Kim Jong Un. Segundo o Estado-Maior sul-coreano, dois projéteis foram disparados da região da cidade de Tongchon, na província de Kangwon (sudeste), em direção ao Mar do Leste, também conhecido como Mar do Japão. Esta foi a sexta série de disparos da Coreia do Norte desde 25 de julho.

Ao comentar os testes precedentes, o líder norte-coreano, Kim Jong Un, afirmou que se tratava de uma "advertência solene" às manobras militares conjuntas dos Estados Unidos e da Coreia do Sul. A Coreia do Norte considera que os exercícios conjuntos frequentes são uma preparação para uma eventual invasão de seu território. O regime norte-coreano alertou que o início das manobras impediria a retomada das conversações entre Pyongyang e Washington sobre o arsenal do país.