Mais de 1,2 mil mortos são encontrados na região de Kiev, capital da Ucrânia

Mais de 1,2 mil mortos são encontrados na região de Kiev, capital da Ucrânia

Procuradora-geral da Ucrânia informou que foram encontrados 1.222 cadáveres, mas não explicou se os corpos eram exclusivamente de civis

AFP

Kiev esteve parcialmente ocupada pelas forças russas durante várias semanas

publicidade

A procuradora-geral da Ucrânia, Irina Venediktova, informou neste domingo que foram encontrados 1.222 cadáveres na região em torno da capital, Kiev, que esteve parcialmente ocupada pelas forças russas durante várias semanas.

"Temos até agora 1.222 mortos só na região de Kiev", afirmou Venediktova, em entrevista em inglês à emissora britânica Sky News, na qual destacou que há 5,6 mil investigações abertas sobre supostos crimes de guerra desde o início da invasão russa à Ucrânia, em 24 de fevereiro.

A funcionária não explicou se os corpos encontrados eram exclusivamente de civis.

Há uma semana, Venediktova informou terem sido encontrados 410 civis mortos nas regiões libertadas nos arredores de Kiev. A procuradora destacou na ocasião que sem dúvida havia mais corpos que ainda não tinham sido encontrados e examinados.

A cidade de Bucha, a noroeste de Kiev, se tornou um símbolo dos horrores da guerra na Ucrânia, com cerca de 300 pessoas enterradas em valas comuns, segundo um balanço anunciado pelas autoridades em 2 de abril.

Veja Também



Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895