Mais de 100 mil crianças estão retidas pela imigração nos EUA, aponta ONU
capa

Mais de 100 mil crianças estão retidas pela imigração nos EUA, aponta ONU

Organização definiu essa cifra como "prudente", com base em dados oficiais e em fontes complementares "muito confiáveis"

Por
AFP

Uma instalação temporária criada para reter os migrantes é retratada em uma estação de patrulha de fronteira dos Estados Unidos em Clint, Texas, em 25 de junho de 2019

publicidade

Mais de 100 mil menores estão atualmente retidos, com seus pais ou sozinhos, pela imigração dos Estados Unidos, informou a Organização das Nações Unidas nesta segunda-feira. "O número total das crianças retidas é de 103 mil", declarou à AFP Manfred Nowak, autor principal do Estudo Global das Nações Unidas sobre os Menores Privados de Liberdade. A ONU definiu essa cifra como "prudente", com base em dados oficiais e em fontes complementares "muito confiáveis".

O especialista disse que o número inclui menores não acompanhados, aqueles que foram com suas famílias e aqueles que foram separados de seus pais antes da detenção. Em todo o mundo, pelo menos 330.000 crianças estão detidas em 80 países por razões relacionadas à migração, de acordo com este estudo. "A detenção de menores relacionados à migração nunca deve ser considerada no interesse da criança. Sempre há outras opções", declarou Nowak à imprensa em Genebra.