Mais de 4 bilhões de doses anticovid foram aplicadas no mundo

Mais de 4 bilhões de doses anticovid foram aplicadas no mundo

Em média, foram injetadas 52 doses para cada 100 habitantes do mundo

AFP

Mais de 4 bilhões de doses anticovid foram aplicadas no mundo

publicidade

Mais de 4 bilhões de doses de vacinas contra a Covid-19 foram administradas em todo mundo, de acordo com uma contagem feita pela AFP até quinta-feira (29), com base em dados oficiais.

O processo de vacinação registra uma ligeira desaceleração. O último bilhão de doses foi injetado em 30 dias, quando o bilhão anterior precisou de 26 dias. Os primeiros dois bilhões foram administrados em cerca de 140 e 40 dias, respectivamente.

Quatro em cada 10 doses (1,6 bilhão) foram usadas na China, Índia (451 milhões) e Estados Unidos (343 milhões) completam o pódio em termos absolutos. Em relação à população, entre os países com mais de um milhão de habitantes, os Emirados Árabes Unidos foram o que mais vacinaram, com 168 doses por 100 habitantes, seguido por Uruguai (137) e Bahrein (134).

Os Emirados Árabes Unidos avançam para 70% da população totalmente vacinada, enquanto Uruguai e Bahrein ultrapassam 60%. Em seguida, vêm Catar, Chile e Canadá (129 doses por cada 100 habitantes); Israel (128); Singapura (125); Reino Unido, Mongólia e Dinamarca (124); e Bélgica (121). Esses países têm em torno de metade de sua população totalmente imunizada, entre 52% e 63%.

China (111), Estados Unidos (104) e União Europeia (103) não ficam atrás. Os dois últimos têm quase metade de sua população totalmente vacinada. A China não divulgou esta informação.

Desigualdade mundial no acesso a vacinas

Embora a maioria dos países pobres tenha começado a vacinar seus habitantes, graças, especialmente, ao mecanismo Covax de distribuição de imunizantes e às doses doadas pelos países ricos, a imunização ainda continua muito desigual.

Os países de "alta renda", conforme definição do Banco Mundial, administraram uma média de 97 doses por cada 100 habitantes, em comparação com 1,6 dose nos países de "baixa renda".

Em média, foram injetadas 52 doses para cada 100 habitantes do mundo. Três países ainda não iniciaram sua campanha: Burundi, Eritreia e Coreia do Norte.

Apesar das controvérsias que enfrenta, a vacina da AstraZeneca/Oxford é administrada em 79% dos países e territórios que já iniciaram suas campanhas de imunização (pelo menos 171 de 217) e é a mais difundida no mundo.

Veja Também

 


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895