Merck cancela tratamentos para pacientes hospitalizados com Covid-19

Merck cancela tratamentos para pacientes hospitalizados com Covid-19

Decisão foi tomada após a farmacêutica e sua parceira Ridgeback Therapeutics constatarem que o medicamento não ajudou pacientes hospitalizados

AE

Farmacêuticas constataram que o medicamento não ajudou pacientes hospitalizados

publicidade

A Merck e sua parceira Ridgeback Therapeutics anunciaram nesta quinta-feira que vão interromper testes clínicos de seu tratamento experimental para Covid-19, após constatarem que o medicamento não ajudou pacientes hospitalizados.

A farmacêutica americana informou ainda que vai descontinuar um tratamento conhecido como MK-7110, também voltado a pacientes internados com Covid-19, após a agência regulatória de medicamentos dos EUA, a FDA, exigir informações clínicas adicionais que adiariam o lançamento do produto para 2022.

A Merck e a Ridgeback vão se dedicar agora a testes em fase 3 do antiviral molnupiravir em pessoas infectadas com covid-19, mas não hospitalizadas, com planos de solicitar autorização para uso emergencial do tratamento no segundo semestre do ano.

Veja Também



Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895