Merkel e Hollande defendem resposta unificada da Europa para a crise de migração

Merkel e Hollande defendem resposta unificada da Europa para a crise de migração

Chefe de Estado francês afirmou que situação é excepcional

AFP

Chefe de Estado francês afirmou que situação é excepcional

publicidade

O presidente francês, François Hollande, e a chanceler alemã, Angela Merkel, exigiram em Berlim uma resposta "unificada" da Europa frente à crise dos migrantes, em uma O presidente francês, François Hollande, e a chanceler alemã, Angela Merkel, exigiram em Berlim uma resposta "unificada" da Europa frente à crise dos migrantes, em uma declaração conjunta.

"Temos de implementar um sistema unificado do direito de asilo", disse o chefe de Estado francês à imprensa ao lado da chanceler, ressaltando se tratar de uma "situação excepcional que irá durar", enquanto Merkel instou os países da UE que têm um direito de asilo similar que o "coloquem em prática o mais rapidamente possível".

A chanceler alemã manifestou, além disso, seu desejo de que "a instalação de centros de cadastramento nos países de "primeira" entrada, Grécia e Itália, em particular, aconteçam este ano". "Não podemos tolerar tal atraso", insistiu Merkel.

Enfatizando que a França e a Alemanha são solidárias, o chefe de Estado francês também assinalou sua aspiração de que haja uma "divisão equitativa dos refugiados com direito a asilo". "Também devemos colocar em andamento um sistema unificado de direito de asilo, assim como uma política migratória comum com regras comuns a todos", afirmou ainda.
declaração conjunta.

"Temos de implementar um sistema unificado do direito de asilo", disse o chefe de Estado francês à imprensa ao lado da chanceler, ressaltando se tratar de uma "situação excepcional que irá durar", enquanto Merkel instou os países da UE que têm um direito de asilo similar que o "coloquem em prática o mais rapidamente possível".

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895