Ministro da Saúde agradece OMS por vacinas e projeta união de esforços contra Covid-19

Ministro da Saúde agradece OMS por vacinas e projeta união de esforços contra Covid-19

Queiroga reforçou importância de retomada das aulas no país

AE

Ministro adotou tom conciliador

publicidade

Em rápido pronunciamento realizado neste domingo, o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, agradeceu à Organização Mundial da Saúde (OMS) e à Organização das Nações Unidas pela Infância (Unicef)p. A declaração foi feita na chegada de 4 milhões de doses de imunizantes contra a Covid-19 do Consórcio Covax Facility, recebidas entre sábado e este domingo no Aeroporto de Guarulhos (SP).

"Essas vacinas representam um esforço global. Já devíamos ter recebidos essas doses em janeiro, mas estamos recebendo agora. São 4 milhões de doses de esperança e agradeço à OMS e à Unicef", disse o ministro, com uma postura diferente da adotada antes pelo governo, que tecia críticas à OMS.

Ao se dirigir à representante da Unicef no Brasil, Florence Bauer, presente no Aeroporto de Guarulhos, o ministro ainda falou da importância da alimentação e da educação às crianças. "É fundamental que os alunos voltem às aulas, sobretudo, para darmos segurança alimentar às crianças", afirmou o ministro.


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895