Moedas de ouro antigas são encontradas na Cidade Velha de Jerusalém

Moedas de ouro antigas são encontradas na Cidade Velha de Jerusalém

Quatro moedas de ouro foram encontradas dentro de um jarro durante uma escavação próxima ao Muro das Lamentações

AFP

Especialistas afirmam que descoberta incomum explica uma época de mudanças políticas importantes na região

publicidade

Uma equipe de arqueólogos israelenses anunciou, nesta segunda-feira, que encontrou quatro moedas de ouro puro na Cidade Velha de Jerusalém. Os itens tem mais de mil anos de antiguidade. A descoberta incomum explica uma época de mudanças políticas importantes na região.

A Autoridade Israelense de Antiguidades (AIA) declarou que as moedas foram descobertas em uma escavação próxima ao Muro das Lamentações, local de oração mais sagrado do judaísmo. Elas estavam dentro de um pequeno jarro, "em excelente conservação e foram identificadas imediatamente, inclusive sem limpá-las", declarou o especialista em moedas antigas da AIA, Robert Kool, em um comunicado.

As moedas datam do final do século X (entre 940 e 970), "uma época de mudança política radical" em Jerusalém e seus arredores, segundo Kool. Naquele momento, o Califado Abássida no poder, que tinha sua sede em Bagdá, perdeu o controle de Jerusalém para seu rival, o Califado Fatímida, que governaria no Cairo durante quase dois séculos.

"É a primeira vez em 50 anos que se descobre um esconderijo de ouro do período fatímida na Cidade Velha de Jerusalém", afirmou Kool. A última vez que os arqueólogos israelenses encontraram ouro do período fatímida foi pouco depois da Guerra dos Seis Dias (1967), na qual Israel tomou Jerusalém Oriental, a parte palestina da cidade, da Jordânia.


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895