Monção deixa ao menos 23 mortos na Índia

Monção deixa ao menos 23 mortos na Índia

Fenômeno meteorológico do monção, que ocorre de junho a setembro, é fundamental para a vida e a agricultura do subcontinente indiano

AFP

Mumbai, com 20 milhões de habitantes, sofre desde sábado fortes chuvas

publicidade

Ao menos 23 pessoas perderam a vida na Índia pela queda de um muro e deslizamentos de terra provocados pelas fortes chuvas do monção em Mumbai (oeste), anunciaram as autoridades neste domingo. Em Chembur, a periferia leste de Mumbai, a queda de uma árvore sobre um muro destruiu várias casas, segundo a Força de Resposta para Catástrofes Naturais (NDRF).

Dezessete corpos foram recuperados entre os escombros, enquanto as operações de busca continuam, disse a NDRF. No subúrbio de Vikhroli (noroeste), seis pessoas morreram em um deslizamento de terra que afetou cinco casas.

O fenômeno meteorológico do monção, que ocorre de junho a setembro, é fundamental para a vida e a agricultura do subcontinente indiano. No entanto, todo ano causa grande destruição e deixa centenas de mortos nesta região do mundo onde vive um quinto da população do planeta.

Mumbai, com 20 milhões de habitantes, sofre desde sábado fortes chuvas. O primeiro-ministro, Narendra Modi, apresentou suas condolências no Twitter e anunciou que as famílias das vítimas receberão uma indenização.

 

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895