Naufrágio mata sete, cinco menores de idade, na Grécia

Naufrágio mata sete, cinco menores de idade, na Grécia

Entre as vítimas estão quatro crianças, um bebê e duas mulheres

AFP

publicidade

Sete pessoas - um bebê, quatro crianças e duas mulheres - morreram nesta sexta-feira no naufrágio de um barco de migrantes no Mar Egeu, anunciou a Guarda Costeira grega. O naufrágio ocorreu perto da ilha de Inusses, localizada entre a ilha de Quios e a costa turca. Quatro crianças, cinco homens e três mulheres foram salvos.

A nacionalidade dos migrantes não foi informada. Centenas de migrantes e refugiados morreram nos últimos anos tentando atravessar o Mar Egeu em pequenos barcos superlotados. Mais de 50 pessoas se afogaram desde o início do ano, segundo a Organização Internacional para as Migrações (OIM).

A Grécia abriga cerca de 70.000 refugiados e migrantes, principalmente sírios que fugiram de seu país desde 2015 atravessando a vizinha Turquia. Em virtude de um acordo concluído em 2016 entre a Turquia e a União Europeia, Ancara interrompeu os fluxos de partida de migrantes para as cinco ilhas gregas mais próximas de sua costa, em troca de 6 bilhões de dólares.

O número de chegadas tem aumentado constantemente nos últimos meses. O primeiro-ministro grego Kyriakos Mitsotakis disse esta semana que cerca de 3.000 pessoas chegaram da Turquia nos últimos dias, aumentando a pressão sobre as instalações já superlotadas.


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895