Nicolás Maduro defende cloroquina para pacientes com Covid-19

Nicolás Maduro defende cloroquina para pacientes com Covid-19

Presidente da Venezuela disse, em sua conta no Twitter, que o país está avançando "na produção de difosfato de cloroquina"

R7

Maduro defende o uso da cloroquina para pacientes com coronavírus

publicidade

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, defendeu nesta quinta-feira (14) a cloroquina para pacientes infectados com Covid-19. Em sua conta no Twitter, Maduro parabenizou os profissionais da saúde e de pesquisa. “Com eles, avançamos na produção de difosfato de cloroquina, um medicamento eficaz para o tratamento contra a covid-19. Sim, nós podemos Venezuela”, escreveu o presidente.

Um estudo publicado nesta segunda-feira (11) por pesquisadores da Escola de Saúde Pública da Universidade de Albany, em Nova York, demonstra que o percentual de pacientes mortos em hospitais, tratados com hidroxicloroquina, com azitromicina ou com ambos os medicamentos não demonstrou qualquer redução perceptível em relação àqueles que não receberam qualquer uma das drogas.

O estudo foi realizado com 1.438 pacientes diagnosticados com covid-19 que estiveram internados em 28 hospitais da região metropolitana de Nova York entre os dias 15 e 28 de março.


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895