Nova Iorque tem queda nos mortos por Covid-19 e autoriza casamentos remotos

Nova Iorque tem queda nos mortos por Covid-19 e autoriza casamentos remotos

Nas últimas 24 horas, 540 pessoas perderam a vida por complicações da doença

Correio do Povo

Homenagens a vítimas e profissionais da saúde estão espalhadas pela cidade

publicidade

Moradores do estado norte-americano de Nova Iorque agora podem se casar remotamente por vídeo devido à pandemia do novo coronavírus. "Hoje, estamos assinando uma ordem executiva que permite que as pessoas obtenham suas licenças de casamento remotamente e também que os funcionários realizem cerimônias por vídeo", disse Melissa DeRosa, secretária do governador Andrew Cuomo, em entrevista coletiva neste sábado.

"Agora não há desculpa quando a questão surge para o casamento. Não há desculpa. Você pode fazer isso com Zoom – é sim ou não", brincou Cuomo em um momento de descontração. Ele anunciou que mais 540 pessoas morreram sexta-feira pela Covid-19, o menor número em duas semanas.  Esse valor é o mais baixo desde as 432 mortes registradas em 2 de abril, de acordo com informações do Covid Tracking Project.

O estado também registrou duas mil novas internações em um hospital ou novos diagnósticos, o que mostrou que não se está no auge. Contudo, o governador apontou que ainda "não estamos em uma boa posição". "E a pior notícia ainda é trágica, número de mortes, 540. Não é tão alto quanto era. Mas, hoje, 540 pessoas morreram, 540 pessoas. 540 famílias", lamentou, detalhando que 504 óbitos foram registrados em hospitais e 36 em casas de repouso.

"Os lares de idosos são o maior medo em tudo isso. Pessoas vulneráveis em um só lugar, é o frenesi alimentar deste vírus", disse. Existem pelo menos 711.197 casos de coronavírus nos EUA e pelo menos 37.309 pessoas morreram, de acordo com a contagem de casos da Universidade Johns Hopkins no país. Há informações sobre a doença em todos os 50 estados, no Distrito de Columbia e em territórios ultramarinhos.

 

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895