Nova regra da ANS obriga planos de saúde a oferecer sites para clientes

Nova regra da ANS obriga planos de saúde a oferecer sites para clientes

Resolução foi publicada no Diário Oficial da União nesta quinta-feira (31)

AE

Especialistas dizem que taxatividade do rol da ANS só beneficia empresas

publicidade

Resolução publicada pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) no Diário Oficial da União nesta quinta-feira (31) obriga as operadoras de planos de saúde a criar um portal corporativo sobre os serviços prestados aos usuários. O site deverá ter uma área destinada aos beneficiários e outra para a rede credenciada. Ainda conforme o documento, o portal deverá ficar disponível 24 horas por dia, sete dias por semana, para beneficiários e prestadores de serviços.

A área voltada aos clientes deverá conter a relação de produtos comercializados pela operadora, assim como dados atualizados da rede credenciada. Conforme o documento, todo o processo de implantação e utilização da troca de informações em saúde suplementar deverá ficar sob a responsabilidade de profissional técnico da operadora de planos.

"Especificamente designado para facilitar, agilizar e coordenar os atendimentos à rede prestadora de serviços, que atuará como intermediador entre a operadora de plano privado de assistência à saúde e o prestador de serviço nas áreas de análises de contas e faturamento, bem como na área de informática", destacou a resolução.

A implantação do site pela operadora de planos será adotada de forma gradual, observando os seguintes prazos estipulados que começam a valer a partir da data da resolução:

Para operadoras de planos médicos com ou sem planos odontológicos: 3 meses acima de 100 mil beneficiários; 6 meses entre 10 mil e 99.999 clientes; 6 meses abaixo de 10 mil usuários.

Para operadoras exclusivamente odontológicas: três meses acima de 20 mil beneficiários; seis meses entre 5 mil e 19.999 clientes; 12 meses abaixo de 5 mil usuários.

O portal deverá ser organizado de forma didática e com apresentação de linguagem simples para os clientes.

Veja Também



Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895