Ofensiva turca provoca mais de 60 mil deslocamentos na Síria
capa

Ofensiva turca provoca mais de 60 mil deslocamentos na Síria

Moredores de região bombardeada fugiram das suas casas em direção a Hasakeh

Por
AFP

Mais de 60 mil curdos deixaram suas casas em menos de um dia

publicidade

A ofensiva militar da Turquia no nordeste da Síria deslocou mais de 60 mil pessoas em menos de um dia, afirmou nesta quinta-feira um monitor da guerra na quinta-feira. O Observatório Sírio para os Direitos Humanos (OSDH) disse que um grande número de moradores das áreas de fronteira de Ras al-Ain, Tal Abyad e Derbasiyeh fugiram de suas casas, principalmente para o leste em direção à cidade de Hasakeh.

A Turquia iniciou na quarta-feira uma operação militar no nordeste da Síria, uma ofensiva que desperta o receio da comunidade internacional e que tem como alvos combatentes curdos considerados por Ancara um grupo terrorista. Regiões próximas à Turquia, especialmente os setores de Tal Abyad e Ras al Ain, foram bombardeadas pela aviação e artilharia turca.

As forças curdas da Síria lutam para conter a ofensiva, aumentando o medo de uma nova crise humanitária. A ação turca provocou protestos internacionais e uma reunião de emergência do Conselho de Segurança da ONU está programa para esta quinta. Enquanto os ocidentais temem o ressurgimento do grupo terrorista Estado Islâmico (EI), cuja derrota na Síria se deve em grande parte às forças curdas, o presidente francês Emmanuel Macron pediu à Turquia que "encerre o mais rápido possível" sua ofensiva