ONU faz apelo para arrecadar 565 milhões de dólares para o Líbano

ONU faz apelo para arrecadar 565 milhões de dólares para o Líbano

Objetivo é reconstruir Beirute após a explosão no porto da Capital, que matou 171 pessoas

Por
AFP

ONU quer auxílio para reconstruir a capital do Líbano


publicidade

A ONU fez um apelo nesta sexta-feira para arrecadar 565 milhões de dólares para ajudar o Líbano, severamente atingido por uma explosão no porto de Beirute que causou 171 mortes e devastou grandes áreas da cidade em 4 de agosto.

A Organização das Nações Unidas disse em um comunicado que os fundos serão usados para ajudar o Líbano a levantar sua economia e socorrer os afetados pela explosão.

"A tarefa de reconstruir a vida das pessoas e ajudar na recuperação está apenas no começo", disse Najat Rochdi, coordenador humanitário da ONU para o Líbano.

"Faço um apelo para que a comunidade internacional demonstre um sólido compromisso com o povo do Líbano e retribua a generosidade libanesa para com os refugiados sírios e palestinos com total apoio financeiro", acrescentou.

A explosão de 4 de agosto devastou bairros inteiros, deixou milhares de desabrigados, destruiu dezenas de hospitais e clínicas e mais de 100 escolas.

A catástrofe, causada pela explosão de toneladas de nitrato de amônio armazenadas no porto, reacendeu o movimento de protesto desencadeado no outono de 2019 contra a classe política, acusada de corrupção, negligência e incompetência.

Os eventos atingiram um país mergulhado em uma grave crise econômica, com alta inflação e controles de capital que alimentam a pobreza.

Diante da raiva nas ruas, o governo de Hassan Diab renunciou na segunda-feira.


A ONU disse que o dinheiro arrecadado deve reforçar a segurança alimentar, ajudar a reconstruir hospitais e escolas e a construir abrigos para famílias que perderam suas casas na explosão.