Papa nomeia brasileira subdiretora da sala de imprensa do Vaticano
capa

Papa nomeia brasileira subdiretora da sala de imprensa do Vaticano

Cristiane Murray atua na equipe da Rádio Vaticano desde 1995

Por
AFP

"Recebi essa nomeação com muita emoção", disse Cristiane

publicidade

O papa Francisco nomeou a jornalista brasileira Cristiane Murray, da equipe da Rádio Vaticano desde 1995, como subdiretora da sala de imprensa da Santa Sé, informou a entidade nesta quinta-feira. Nascida no Rio de Janeiro em 1962, casada e com dois filhos, Murray substitui a espanhola Paloma García Ovejero, que renunciou ao cargo em dezembro de 2018. A assessoria de imprensa do Vaticano será dirigida por dois laicos, o anglo-italiano Matteo Bruni e Murray, como subdiretora. A jornalista colabora desde 2018 na preparação do Sínodo dos Bispos sobre a Amazônia, previsto para outubro deste ano.

Considerado o pontífice mais sensível à questão ambiental após publicar em 2015 a encíclica "Laudato Sí", o papa argentino convocou a assembleia de bispos sobre a Amazônia a fim de proteger os povos desta região. A reunião será uma das mais importantes de seu pontificado neste ano e abordará temas delicados, como o desmatamento da Amazônia por grandes empresas, a corrupção, a imigração para cidades e o abandono de indígenas.

"Aceito essa nomeação com emoção. Para os jornalistas e colegas do Dicasterio (ministério) para a Comunicação é um grande reconhecimento de nosso trabalho diário para levar o Evangelho ao mundo, a mensagem do papa e da Igreja. O agradecimento vai em primeiro lugar ao Santo Padre, meu agradecimento e o de todos nós, especialmente o das mulheres, por ter me elegido para esta importante tarefa", declarou.

"Agradeço ao prefeito, Dr. Paolo Ruffini, ao diretor editorial, Andrea Tornielli, e à Secretaria Geral do Sínodo dos Bispos, ao cardeal Lorenzo Baldisseri, com quem trabalho há mais de um ano na preparação da assembleia sinodal para a Amazônia. Asseguro a todos o meu compromisso, o meu esforço e o meu entusiasmo sobretudo ao diretor, dr. Matteo Bruni, e a todo o grupo da Sala de Imprensa, a serviço da Santa Sé", completou a jornalista. Ela fala português, italiano, inglês, espanhol e francês.