Paraguai recorre a controles noturnos para frear aumento da pandemia

Paraguai recorre a controles noturnos para frear aumento da pandemia

Toque de recolher começa às 0h e acaba às 5h

AFP

Manifestações pedem a renúncia do presidente no Paraguai

publicidade

Policiais e militares do Paraguai começaram a aplicar controles noturnos para evitar os contágios de covid-19, cuja propagação aumentou nos últimos 10 dias. A informação foi dada pelas autoridades de saúde neste sábado (13).

"Pedimos que cumpram as medidas que estão determinadas no decreto presidencial, usem máscaras, façam o distanciamento físico, lavem as mãos, cumpram a restrição de horário e evitem as aglomerações desnecessárias", pediu o ministro da Saúde, Julio Borba.

A Polícia registrou uma quantidade indeterminada de detidos temporários (conhecidos com o nome técnico de "demorados") em delegacias e na via pública após a primeira noite de controle. O "toque de recolher", segundo o qual todo cidadão deve justificar sua saída depois de meia-noite, começa às 0h e acaba às 5h.

Veja Também


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895