Presidente do México anuncia redução da idade de acesso a aposentadoria

Presidente do México anuncia redução da idade de acesso a aposentadoria

Andrés Manuel López Obrador anunciou que as pessoas terão agora direito ao benefício a partir dos 65 anos

AFP

Obrador destacou que a aposentadoria é um direito constitucional "cujos recursos não podem ser reduzidos"

publicidade

O presidente do México, Andrés Manuel López Obrador, anunciou neste domingo a redução da idade de acesso a uma pensão universal para idosos, cujo valor aumentará gradativamente até dobrar até em 2024. Ele anunciou que as pessoas terão agora direito ao benefício a partir dos 65 anos, três a menos que os 68 previstos pela norma em vigor.

Disse também que o crescimento do valor das pensões começará a partir de julho com um aumento de 15% e continuará com aumentos anuais de 20% até 2024, quando chegará a 6 mil pesos (288,3 dólares) a cada dois meses. "Desta forma, serão beneficiados 10,3 milhões de idosos. Esses recursos sairão do orçamento público sem aumento da dívida ou impostos e sem 'gasolinaço' (aumento do preço da gasolina)", disse López Obrador durante cerimônia pública no estado de Oaxaca.

Obrador destacou que a aposentadoria é um direito constitucional "cujos recursos não podem ser reduzidos", independentemente de quem esteja no governo. A melhoria neste benefício social chega após o México registrar em 2020 seu pior declínio econômico em quase 90 anos, devido à paralisação de inúmeras atividades por causa da pandemia de Covid-19.

O PIB do México, segunda maior economia da América Latina depois do Brasil, contraiu 8,5% no ano passado, mas espera-se uma recuperação de 4,8% em 2021, de acordo com a previsão mais recente do banco central do país.


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895