Primeira-dama da França contraiu coronavírus no Natal

Primeira-dama da França contraiu coronavírus no Natal

Brigitte Macron não apresentou sintomas graves e já está totalmente restabelecida

AFP

Brigitte Macron, de 67 anos, testou positivo para Covid-19 na véspera de Natal

publicidade

A primeira-dama da França, Brigitte Macron, esposa do presidente francês Emmanuel Macron, teve coronavírus no Natal, mas não apresentou sintomas graves e já está totalmente restabelecida. A informação foi divulgada por seus porta-vozes neste sábado (9).

Brigitte Macron, de 67 anos, testou positivo na véspera de Natal, quando o casal estava de férias no sul da França, em uma residência oficial. Seu esposo ficou doente uma semana antes e passou vários dias afastado de sua família.

Os porta-vozes de Brigitte Macron explicaram que não haviam informado oficialmente da doença porque não houve nenhum impacto na agenda oficial da primeira-dama.

Brigitte Macron testou negativo em um novo teste em 30 de dezembro, o que permitiu voltar a Paris e retomar suas atividades no dia 4.

 


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895