Primeiro dia de cúpula do Mercosul em Bento terá manifestação de Ernesto Araújo

Primeiro dia de cúpula do Mercosul em Bento terá manifestação de Ernesto Araújo

Evento é marcado por forte aparato de segurança

Por
Henrique Massaro

Evento está sendo chamado de Cúpula do Vale dos Vinhedos


publicidade

O primeiro dia da 55ª Cúpula de Chefes de Estado do Mercosul, realizada em Bento Gonçalves, na Serra gaúcha, começou com algumas reuniões a portas fechadas e a única janela para a imprensa será com o ministro das Relações Exteriores, Ernesto Araújo, já no período da noite desta quarta-feira. O encontro tem um forte aparato de segurança e apenas veículos autorizados conseguem acessar os locais. 

Antes da manifestação de Araújo, estão previstas na programação da cúpula reuniões entre chanceleres do bloco, além de integrantes do Conselho do Mercado Comum. Todas elas, no entanto, não poderão ser acompanhadas pelos jornalistas. A imprensa está posicionada na Vinícola Miolo, enquanto os encontros ocorrem no Hotel Spa do Vinho. 

O ponto alto da cúpula será nesta quinta-feira por conta da chegada do presidente Jair Bolsonaro em Bento Gonçalves. O chefe de Estado brasileiro deverá desembarcar em solo gaúcho no meio da manhã e em seguida irá se reunir com o colega paraguaio Mario Abdo Benítez. O encontro principal está marcado para as 11h de amanhã, quando estarão presentes também o presidente da Argentina, Maurício Macri, a vice presidente do Uruguai, Lucía Topolansky, além da chanceler da Bolívia, Karen Longaric, e o do Chile, Teodoro Ribera. Já no começo da tarde está prevista a cerimônia de assinatura de atos, com o registro oficial dos dirigentes. 

 

 

 

 

*Com informações do repórter Gustavo Chagas