Procuradoria boliviana ordena a prisão do ex-presidente Evo Morales
capa

Procuradoria boliviana ordena a prisão do ex-presidente Evo Morales

Político se encontra na Argentina desde o dia 12 de dezembro

Por
AFP

Procuradoria boliviana ordena a prisão de Evo Morales

publicidade

A Procuradoria boliviana ordenou nesta quarta-feira a apreensão do ex-presidente Evo Morales por uma denúncia apresentada pelo atual governo interino do país pelos supostos crimes de sedição e terrorismo, segundo um documento oficial. A determinação, assinada pelos procuradores de La Paz Jhimmy Almanza e Richard Villaca, ordena a procuradores, policiais e/ou funcionários públicos que "apreendam e conduzam o senhor Juan Evo Morales Ayma, aos escritórios da Procuradoria".

Morales se encontra na Argentina desde o dia 12 de dezembro. No último fim de semana, Morales iniciou a campanha eleitoral de seu partido, ao reaparecer publicamente no bairro portenho de Liniers, no oeste da cidade. É lá que vive uma grande parte da comunidade boliviana.