Protestos eclodem nos EUA após justiça isentar policiais por morte de Breonna Taylor

Protestos eclodem nos EUA após justiça isentar policiais por morte de Breonna Taylor

Manifestações escalaram em Louisville e dois policiais foram baleados

Correio do Povo

Polícia de Louisville agiu para barrar protestos

publicidade

Depois da justiça dos Estados Unidos isentar policiais de acusação formal pela morte de Breonna Taylor, protestos eclodiram por todo o país. As manifestações contra a violência policial destinada aos negros escalaram e culminaram com dois membros das forças de segurança baleados.

Os policiais atingidos pertenciam à cidade de Louisville. Nenhum deles tinha ferimentos graves e um suspeito foi preso. No total, mais de 40 pessoas tinham sido detidas na cidade do Kentucky até o fim da noite. Um toque de recolher foi convocado ainda às 21h.

Muitas cidades tinham protestos, a maioria sem violência, mas com depredações pontuais: Nova Iorque, Washington, Atlanta, Chicago e outras estavam entre os pontos com mais manifestantes.

Na decisão judicial, o policial Brett Hankison deverá responder por ter colocado a vizinhança em risco durante abordagem contra o tráfico de drogas. Ele não terá de responder pelos tiros disparados que culminaram na morte de Breonna.


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895