Rússia confirma cúpula sobre Ucrânia em dezembro

Rússia confirma cúpula sobre Ucrânia em dezembro

Reunião deve ocorrer em Paris sob mediação de Alemanha e França

AFP

Conflito separatista já matou 13 mil pessoas no leste da Ucrânia

publicidade

A Rússia confirmou nesta segunda-feira que está sendo organizada uma cúpula sobre o conflito na Ucrânia, no próximo dia 9 de dezembro, em Paris, com a presença dos presidentes russo e ucraniano e coma mediação da França e da Alemanha. A reunião já foi anunciada na sexta-feira pelas autoridades francesas.

O porta-voz do Kremlin, Dmitri Peskov, se recusou a detalhar as expectativas russas antes desta cúpula, que será a primeira reunião entre o chefe de Estado russo, Vladimir Putin, e seu colega ucraniano, Volodimir Zelenski, eleito em abril.

"É uma reunião que esperávamos há muito tempo ... Não devemos exagerar nas expectativas para não nos decepcionar", afirmou Peskov. O conflito que opõe as forças ucranianas e aos separatistas pró-russos, apoiado por Moscou de acordo com a comunidade internacional, matou 13.000 pessoas no leste da Ucrânia.

Os acordos de paz de Minsk, assinados em 2015, nunca foram aplicados, mas desde a eleição de Zelenski houve vários avanços, como a troca de prisioneiros ou a retirada de tropas em alguns setores da fronteira. Nesta segunda-feira, Moscou anunciou que havia devolvido à Ucrânia três navios militares confiscados um ano atrás, após um incidente naval.


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895