Rainha Elizabeth II exorta líderes mundiais a se unirem contra mudanças climáticas

Rainha Elizabeth II exorta líderes mundiais a se unirem contra mudanças climáticas

Segundo a monarca, "quando as nações se unem por uma causa comum, a esperança sempre chega"

AFP

Elizabeth II participou da COP26 através de mensagem de vídeo

publicidade

A rainha Elizabeth II exortou nesta segunda-feira, em mensagem de vídeo, os dirigentes mundiais reunidos por ocasião da COP26 em Glasgow (Escócia) a formarem uma "frente comum" para enfrentar as mudanças climáticas e "resolver os problemas mais insuperáveis". "A história tem mostrado que, quando as nações se unem por uma causa comum, a esperança sempre" chega, disse a soberana de 95 anos. "Trabalhando lado a lado, temos a capacidade de resolver os problemas mais insuperáveis e triunfar diante da maior das adversidades".

A rainha espera que esta conferência de duas semanas, seja "uma das poucas ocasiões em que se terá a oportunidade de debruçar-se sobre a política do momento e dar provas de um verdadeiro sentido político". "Muitos são aqueles que esperam que a herança desta cúpula - inscrita nos livros de história que ainda não foram impressos - descreva que houve dirigentes que não deixaram a oportunidade passar e responderam ao chamado das gerações futuras", frisou a monarca.

A soberana, que recentemente passou uma noite no hospital para fazer "exames preliminares", segundo o Palácio de Buckingham, teve que cancelar sua presença física na COP26 e qualquer outra participação presencial em eventos oficiais por pelo menos duas semanas. "Nenhum de nós viverá eternamente", acrescentou a rainha de 95 anos nesta segunda-feira. O sucesso do combate contra as mudanças climáticas não é algo "para nós" mesmos, mas "para nossos filhos, os filhos de nossos filhos e os que seguirão os seus passos", concluiu.



Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895