Reino Unido desbloqueia US$ 1,3 bilhões para empresas afetadas pela variante ômicron

Reino Unido desbloqueia US$ 1,3 bilhões para empresas afetadas pela variante ômicron

Cerca de 200.000 empresas serão elegíveis para receber a ajuda

AFP

Avanço da ômicron atingiu bares e restaurantes com muitos cancelamentos de festas de fim de ano

publicidade

O governo britânico liberou nesta terça-feira (21) 1 bilhão de libras (cerca de 1,32 bilhão de dólares) de ajudas para as empresas mais afetadas pelas consequências da variante ômicron do coronavírus, após semanas de pressão dos representantes do setor. "As pessoas estão, com razão, cada vez mais prudentes em sua vida diária, o que se reflete no nosso setor de hotelaria, entretenimento e no setor cultural durante o que é geralmente o período mais movimentado do ano", destacou o primeiro-ministro Boris Johnson em um comunicado.

O ministro das Finanças, Rishi Sunak, disse que cerca de 200.000 empresas serão elegíveis para receber a ajuda para aliviar a queda na receita durante as festas, um período essencial para os negócios. Apesar de um grande aumento nos casos, o governo Johnson descartou a aplicação de restrições antes do Natal.

Mas o avanço da ômicron atingiu bares e restaurantes com muitos cancelamentos de festas de fim de ano que afetaram 60% dos estabelecimentos em dezembro. Sunak disse que o governo reconheceu que as empresas do setor de lazer enfrentam "um período de grande incerteza".

Veja Também



Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895