Secretária de Educação dos EUA renuncia e culpa Trump por incitar violência

Secretária de Educação dos EUA renuncia e culpa Trump por incitar violência

Betsy DeVos afirmou que retórica do presidente teve impacto nos atos realizados no Congresso

AE

Betsy DeVos afirmou que retórica do presidente teve impacto nos atos realizados no Congresso

publicidade

A secretária de Educação dos Estados Unidos, Betsy DeVos, renunciou ao cargo na noite de quinta-feira, 7, um dia depois da invasão do Capitólio por apoiadores do presidente Donald Trump. Em uma carta de demissão, DeVos culpou o presidente Donald Trump por inflamar as tensões durante o motim no Congresso norte-americano.

"Não há dúvidas sobre o impacto que sua retórica teve sobre a situação, e é o ponto de inflexão para mim", disse DeVos no pronunciamento.

Devos foi a nona integrante do governo Trump que saiu da administração federal após os protestos violentos de quarta-feira. Antes dela, a secretária dos Transportes do país, Elaine Chao, também havia renunciado ao cargo, citando os eventos "totalmente evitáveis" e traumáticos ocorridos em Washington.

Veja Também

 


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895