Sobe para 13 número de militares norte-americanos mortos em atentado em Cabul

Sobe para 13 número de militares norte-americanos mortos em atentado em Cabul

Feridos já somam 18 pessoas em ataque de autoria reivindicada pelo Estado Islâmico

AFP

Ferido em explosão no aeroporto de Cabul é levado para hospital

publicidade

O Pentágono informou nesta quinta-feira que o número de soldados americanos mortos no atentado no aeroporto de Cabul aumentou para 13 e o número de feridos para 18. "Um décimo terceiro membro das forças americanas morreu em decorrência dos ferimentos sofridos como resultado do ataque em Abbey Gate", um dos portões de acesso ao aeroporto de Cabul, informou o capitão Bill Urban, porta-voz do Comando Central encarregado do Afeganistão, em um comunicado.

O Estado Islâmico reivindicou autoria do atentado perto do aeroporto de Cabul. Mais cedo, o Talibã condenou os ataques em uma área que, segundo o grupo, está sob controle militar dos Estados Unidos. "O Emirado Islâmico condena veementemente o atentado contra civis no aeroporto de Cabul", disse um comunicado divulgado pelo porta-voz do grupo no Twitter. 

O Portão Abbey, onde ocorreu a explosão, é um dos três pontos de acesso ao aeroporto internacional Hamid Karzai, onde milhares de afegãos se aglomeram nos últimos dias buscando fugir dos islâmicos radicais. Momento após as explosões, o Departamento de Estado dos EUA também alertou sobre disparos e pediu quem estivesse nos locais fosse embora "imediatamente". Nesta quinta-feira, o secretário-geral da ONU, António Guterres, convocou uma reunião do Conselho de Segurança sobre o Afeganistão.


Mais Lidas





Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895