Sobe para 58 número de mortos em atentado a bomba contra escola no Afeganistão

Sobe para 58 número de mortos em atentado a bomba contra escola no Afeganistão

Autoridades informaram que a maioria das vítimas são alunos

Agência Brasil

Familiares se reúnem ao redor de pertences das vítimas

publicidade

O Ministério do Interior do Afeganistão informou que pelo menos 58 pessoas morreram em um atentado com bombas feito na noite de sábado junto de uma escola em Cabul. Mais de 100 pessoas ficaram feridas nas explosões. Segundo a pasta, primeiro houve a explosão de um carro na porta da escola, depois a detonação de duas outras bombas quando as estudantes fugiam, em pânico, do edifício.

Nenhum grupo reivindicou a autoria do atentado, mas o presidente do Afeganistão atribuiu a responsabilidade aos talibã, que negam qualquer envolvimento. As autoridades locais disseram que a maioria dos mortos são alunos. Algumas famílias ainda procuravam em hospitais por seus filhos.

Neste domingo, o papa Francisco classificou o ataque como um "ato desumano" em declarações aos peregrinos na Praça de São Pedro, na Cidade do Vaticano.


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895