Suspeitos de pedofilia são detidos na Alemanha

Suspeitos de pedofilia são detidos na Alemanha

Investigadores identificaram pelo menos três vítimas

AFP

publicidade

Onze pessoas foram presas em várias regiões da Alemanha, suspeitas de abuso de menores e de filmarem seus crimes - anunciou a polícia na cidade de Münster (oeste), neste sábado. Os investigadores identificaram pelo menos três menores de cinco, dez e 12 anos como vítimas.

Sete pessoas, muitas das quais já tinham antecedentes criminais, foram mantidas em prisão preventiva, disse o chefe de polícia de Münster, Rainer Furth, em entrevista coletiva.

Seis homens e uma mulher são acusados de terem participado diretamente dos abusos, ou de terem organizado os eventos, por meio de mensagens criptografadas. O principal acusado é um homem de Münster de 27 anos que trabalha em uma fazenda e é apaixonado por computação, declararam os investigadores.

Na casa do homem, a polícia encontrou discos rígidos com 500 terabites de dados, incluindo vídeos e fotos. Sua mãe, de 45 anos, dona de uma casa de veraneio em Münster, também foi presa. Ela emprestou a casa ao filho, mesmo sabendo dos atos de pedofilia cometidos no local.

O homem abusou de um garoto de dez anos, filho de seu companheiro, assim como de outro menor, de cinco anos, filho de outro dos detidos. A terceira vítima, de 12 anos, é sobrinha de outro dos detidos, de quem sofreu repetidos abusos.


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895