Tiroteio na base de Pearl Harbour deixa várias feridos e ao menos um morto
capa

Tiroteio na base de Pearl Harbour deixa várias feridos e ao menos um morto

Atirador vestido de marinheiro efetuou disparos na entrada sul do complexo dos EUA

Por
AFP

publicidade

Um tiroteio na base aeronaval de Pearl Harbour, no Havaí, deixou vários feridos nesta quarta-feira, informou um oficial. Ele acrescentou que há duas pessoas em estado crítico e que o atirador se matou.

A imprensa local informou que a situação está contida e que as vítimas são, na maioria civis. O site Hawaii News Now mostrou imagens de ambulâncias e veículos blindados mobilizados dentro da base. Segundo uma testemunha, citada pelo Hawaii News Now, o tiroteio ocorreu no Dique Seco No. 2, próximo à entrada sul da base, e após os disparos havia "três pessoas no chão". A mesma testemunha disse que o atirador, que parecia usar um uniforme de marinheiro, disparou contra a própria cabeça.

A base é a sede da Frota do Pacífico e também abriga elementos da Força Aérea norte-americana. O tiroteio ocorre três dias antes do 78º aniversário do ataque japonês a Pearl Harbor, que matou 2.403 militares norte-americanos em 1941 e provocou a entrada dos Estados Unidos na II Guerra Mundial. Duas escolas dentro da base e uma próxima à unidade foram fechadas. A polícia de Honolulu disse ao jornal Star Advertiser que as autoridades militares têm o controle da situação. Os bombeiros enviaram seis unidades ao local.