Três partidos apresentam hoje acordo para Olaf Scholz substituir Merkel na Alemanha

Três partidos apresentam hoje acordo para Olaf Scholz substituir Merkel na Alemanha

Formação de um novo governo deve passar tranquilidade a vizinhos europeus em meio ao ressurgimento da pandemia no continente

AFP

Três partidos apresentam hoje acordo para Olaf Scholz substituir Merkel na Alemanha

publicidade

Os social-democratas do SPD, os Verdes e os liberais do FDP anunciam, nesta quarta-feira (24), um acordo para formar um governo de coalizão para a sucessão dos conservadores de Angela Merkel no poder na Alemanha. Passados dois meses das eleições legislativas, marcadas pela derrocada do partido da chanceler, os social-democratas assumirão o poder com uma coalizão inédita no país. À frente desta coligação, está o social-democrata Olaf Scholz, que deve tomar posse como chanceler provavelmente no início de dezembro.

A formação de um governo na Alemanha, após os 16 anos de Merkel, tranquilizará os países europeus, preocupados em ver a Alemanha sem ninguém no comando, no momento em que a pandemia da Covid-19 ressurge no país.

Os principais ministérios do futuro governo de Olaf Scholz serão atribuídos ao presidente do FDP, Christian Lindner, que poderá assumir a pasta de Finanças, e aos líderes do Partido Verde. Annalena Baerbock seria a nova ministra das Relações Exteriores, e Robert Habeck, responsável pelo Clima.

Veja Também


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895