Trump afirma que 2ª reunião com Kim Jong-un será "muito em breve"

Trump afirma que 2ª reunião com Kim Jong-un será "muito em breve"

Declaração foi feita durante Assembleia Geral da ONU

EFE

Trump também citou carta enviada por Kim Jong-Un que é considerada ponto de partida para nova reunião

publicidade

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesta segunda-feira que a segunda reunião que fará com o líder norte-coreano, Kim Jong-un, ocorrerá "muito em breve" e explicou que seu secretário de Estado, Mike Pompeo, estabelecerá as regras para esse encontro no "futuro imediato", mas não divulgou mais detalhes.

"Parece que vamos ter uma segunda cúpula muito em breve. Como sabem, Kim me escreveu uma carta, uma carta preciosa, e me pediu um segundo encontro, vamos fazer isso. O secretário Pompeo vai resolver isso no futuro imediato, parece que está indo muito, muito bem. Um progresso tremendo com a Coreia do Norte", disse Trump ao chegar à sede da ONU, onde participa de atos paralelos à Assembleia Geral. Trump se referia à carta que recebeu neste mês e na qual, segundo a Casa Branca, Kim propõe realizar outra reunião entre os dois governantes.

• Trump reitera apoio a Kavanaugh e diz que acusações são "totalmente políticas"

O presidente americano se reunirá nesta segunda-feira com o presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, que realizou uma cúpula de três dias com Kim na semana passada e agora quer convencer Trump a apoiar a assinatura de um acordo de paz na península coreana, um passo exigido pela Coreia do Norte para a desnuclearização.

Na histórica cúpula de junho em Singapura, Trump e Kim assinaram uma declaração que abre portas para a desnuclearização da Coreia do Norte em troca de garantias para a sobrevivência do país, mas não foram especificados prazos concretos para esses objetivos.

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895