Trump e Putin falam sobre situação da Venezuela durante telefonema
capa

Trump e Putin falam sobre situação da Venezuela durante telefonema

Ao longo da ligação, de uma hora e meia, presidentes também abordaram temas comerciais

Por
AFP

Durante conversa, Trump ressaltou mais uma vez seu apoio ao opositor Juan Guaidó

publicidade

Os presidentes dos Estados Unidos, Donald Trump, e Rússia, Vladimir Putin, analisaram nesta sexta-feira a situação na Venezuela durante uma longa conversa por telefone. A informação foi divulgada pela porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders.

• Rússia move suas peças em Cuba e gera questionamentos sobre nova Guerra Fria

Durante a ligação, Trump deixou claro que "os Estados Unidos estão com o povo da Venezuela", afirmou Sanders, referindo-se ao apoio de Washington para os esforços do líder parlamentar venezuelano Juan Guaidó, reconhecido como presidente interino, para forçar a saída do mandatário Nicolás Maduro, aliado de Moscou. Sanders disse que Trump e Putin "tiveram uma conversa muito boa" e descreveu o intercâmbio "no geral muito positivo".

• Leia mais sobre a crise na Venezuela

Na conversa – que durou uma hora e meia, de acordo com o porta-voz de Putin, Dmitry Peskov –, também foram abordados temas como comércio, Coreia do Norte e a situação da Ucrânia.