Trump espera reunião "produtiva" com Xi Jinping

Trump espera reunião "produtiva" com Xi Jinping

Presidente norte-americano indicou continuidade de tarifas e importação

AFP

Xi Jinping advertiu que "técnicas de assédio" ameaçam ordem mundial

publicidade

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesta sexta-feira que espera uma reunião "produtiva" com o colega chinês, Xi Jinping, à margem do G20 em Osaka. "Acredito que será produtiva", declarou Trump sobre o encontro que acontecerá no sábado, quando os dois governantes conversarão sobre maneiras de frear a escalada comercial e tecnológica entre os dois países. "Será um dia muito emocionante", completou.

Trump indicou, no entanto, que não prometeu nenhuma suspensão das tarifas de importação sobre os produtos chineses. Mais cedo, o governo chinês advertiu que o protecionismo e as "técnicas de assédio" ameaçam a ordem mundial.

"Todos os líderes na reunião ressaltaram que o unilateralismo, o protecionismo e o assédio estão aumentando e representam uma grave ameaça para a globalização econômica e a ordem internacional", disse um porta-voz do ministério chinês das Relações Exteriores, Dai Bing.

Chanceler fez referência a uma reunião entre o presidente chinês e os presidentes de três países africanos, Cyril Ramaphosa (África do Sul), Abdel Fatah al Sisi (Egito) e Macky Sall (Senegal), à margem do encontro do G20 no Japão. China e Estados Unidos travam uma batalha de tarifas de importação nos últimos meses, no caso de Washington de até 200 bilhões de dólares sobre produtos chineses.


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895