Tufão atinge Filipinas na véspera do Natal
capa

Tufão atinge Filipinas na véspera do Natal

Não há registro de feridos em razão do fenômeno

Por
AFP

Tufão atingiu as Filipinas nesta terça-feira


publicidade

O tufão Phanfone atingiu nesta terça-feira o centro do arquipélago das Filipinas, onde autoridades pediram a milhares de pessoas que deixem suas casas. O Phanfone, que passou de tempestade tropical a tufão, alcançou a ilha de Samar com rajadas de 150 km/h, sem deixar feridos.

As regiões litorâneas, bem como as que poderiam ser inundadas ou sofrer com deslizamentos de terra, foram esvaziadas hoje, segundo autoridades. Milhares de pessoas ficaram bloqueadas nos portos devido à interrupção das conexões marítimas nos locais atingidos pela tempestade.

Mais de 21 mil passageiros que tentavam voltar para casa ficaram presos em portos do arquipélago, de maioria católica, informaram membros da guarda costeira. Também foram cancelados dezenas de voos domésticos. A cidade de Borongon, na costa oriental da ilha de Samar, deverá ser a mais afetada.


O Phanfone segue a mesma trajetória do tufão Haiyan, o mais devastador já registrado no país, que deixou mais de 7,3 mil mortos e desaparecidos em 2013, afetando principalmente a cidade de Tacloban. Segundo o serviço meteorológico filipino, o Phanfone, atingiria as Filipinas entre esta terça-feira e a manhã de quinta. Os ventos poderiam alcançar 120 km/h.