Vários alertas de tsunami são emitidos após erupção de vulcão no Tonga

Vários alertas de tsunami são emitidos após erupção de vulcão no Tonga

Serviço Nacional do Clima dos Estados Unidos previu ondas de até 60 centímetros

AFP

Apesar de alerta de tsunami, surfistas pegam ondas na California

publicidade

Alertas de tsunami foram emitidos neste sábado para a Costa Oeste dos Estados Unidos após a erupção de um vulcão nas ilhas Tonga na sexta-feira. Já o Havaí foi afetado por "inundações menores". "Saiam das praias, dos portos e das marinas" ao longo da costa da Califórnia até o Alasca, afirmou o Serviço Nacional do Clima dos Estados Unidos, que previu ondas de até 60 centímetros, fortes correntes e inundações costeiras. 

O Centro de Alerta de Tsunami do Pacífico disse que, "no nomento, um tsunami está sendo observado" no arquipélago havaiano, mas "nenhum dano foi relatado, e houve apenas inundações menores nas ilhas".

Os moradores de Tonga fugiram assustados para terrenos mais altos, depois que a erupção do vulcão Hunga Tonga-Hunga Ha'apai desencadeou um tsunami com uma onda de menos de 1,5 metro, na capital de Tonga, Nuku'alofa. O Escritório de Meteorologia da Austrália disse, por sua vez, que se observou uma onda de tsunami de 1,2 metro em Nuku'alofa.

No Japão, um tsunami com risco de provocar ondas de até três metros atingiu a costa do país. De acordo com agência meteorológica japonesa, ondas de 1,2 metro chegaram na ilha de Amami, ao sul, às 23h55min de sábado (11h55min em Brasília). Um tsunami de menor amplitude podia ser observado em outras partes do litoral.

Vários alertas de tsunami

Várias nações do Pacífico emitiram alertas similares, incluindo Nova Zelândia, Fiji, Vanuatu e Austrália. 

O Chile também lançou um alerta para sua faixa costeira. O Escritório Nacional de Emergências (Onemi) alertou hoje sobre a possibilidade de um "tsunami menor" atingir a Ilha de Páscoa, a 3.300 km a oeste da costa chilena, no meio do Oceano Pacífico, após o incidente de Tonga. 

Mais cedo, a Rede Geocientífica do Chile afirmou que o tsunami que atingiria a ilha polinésia seria de, no máximo, 30 centímetros. 

A última erupção do vulcão Hunga Tonga-Hunga Ha'apai ocorreu apenas algumas horas que se suspendeu um alerta de tsunami, na sexta-feira, devido a uma erupção prévia. Durou pelo menos oito minutos.

Imagens de satélite mostram o momento em que a erupção enviou expeliu um cogumelo de fumaça e cinzas, e uma onda expansiva pelo mar circundante.

O chefe do Serviço Geológico de Tonga, Taaniela Kula, pediu aos moradores que fiquem dentro de suas casas, usem máscara ao ar livre e cubram os reservatórios e sistemas de captação de água da chuva para protegê-los, em caso de chuva ácida. 

Além disso, o Centro de Alerta de Tsunami do Pacífico emitiu um "aviso de tsunami" para a Samoa Americana, alertando que havia uma ameaça de "flutuações no nível do mar e de fortes correntes oceânicas que poderiam ser perigosas perto das praias".

Na Austrália, as autoridades disseram que uma parte do litoral, incluindo Sydney, pode ser atingida pelas ondas. Os moradores do estado vizinho de Nova Gales do Sul também foram aconselhados a "saírem da água e se afastarem da costa".

O vulcão Hunga Tonga-Hunga Ha'apai fica em uma ilha desabitada, a 65 km ao norte de Nuku'alofa.

Veja Também



Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895