Venezuela espera que EUA aprove Turquia como sua representante

Venezuela espera que EUA aprove Turquia como sua representante

Suíça representa os interesses americanos na Venezuela desde março

AFP

Segundo Arreaza, ideia é que trabalhe uma equipe reduzida "sob a supervisão da Turquia" na sede diplomática da Venezuela em Washington

publicidade

A Venezuela espera que os Estados Unidos aceitem a Turquia como um "país protetor" de seus interesses, em um momento em que ambos os países estão com as relações diplomáticas rompidas, manifestou o ministro venezuelano das Relações Exteriores, Jorge Arreaza, nesta sexta-feira. "Estamos esperando que os Estados Unidos aceitem a Turquia como um país protetor para a Venezuela", disse o ministro das Relações Exteriores.

A ideia, explicou Arreaza, é que na sede diplomática da Venezuela em Washington trabalhe uma equipe reduzida "sob a supervisão da Turquia", um país aliado de Maduro e que mantém relações tensas com o governo de Donald Trump.

A Venezuela rompeu as relações diplomáticas com os Estados Unidos depois que o país apoiou a proclamação de Guaidó como presidente encarregado em 23 de janeiro. Depois que Washington retirou seu pessoal diplomático do país em março, a Suíça representa os interesses americanos na Venezuela.


publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895