"A quem interessa o silêncio de Monique?", diz nota da defesa

"A quem interessa o silêncio de Monique?", diz nota da defesa

Advogados da mãe de Henry solicitaram acesso à documentação hospitalar após ela ter sido diagnosticada com Covid-19

R7

Mãe do menino Henry testou positivo para Covid-19

publicidade

A defesa de Monique Medeiros, presa investigada pela morte do filho Henry Borel, publicou um comunicado, nesta terça-feira, pedindo para que ela preste um novo depoimento e informaram que solicitaram acesso à documentação hospitalar. A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) divulgou, nessa segunda-feira, que Monique foi diagnosticada com Covid-19 após solicitar atendimento médico.

Em nota, os advogados afirmam que formularam um pedido ao Procurador Geral da Justiça do Rio de Janeiro para um promotor acompanhar o inquérito e “ouvir novamente Monique, o quanto antes, temendo pela sua vida e solicitando rigorosas medidas de proteção e cuidados de saúde”.

A defesa reforçou que a mãe de Henry deve prestar um novo depoimento: “Ainda que seja verdadeira a contaminação de Monique por COVID, permanece como imprescindível nova audição de Monique no inquérito policial, ainda que por videoconferência, eis que: a quem interessa o silêncio de Monique?”.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895