Acusado de matar sogra e ferir companheira é preso pelos policiais civis gaúchos em SC

Acusado de matar sogra e ferir companheira é preso pelos policiais civis gaúchos em SC

Crime ocorreu no dia 23 de julho de 2012, no bairro Fátima, em Canoas

Correio do Povo

Captura ocorreu na cidade catarinense de Palhoça

publicidade

A Delegacia de Capturas (Decap) do Departamento Estadual de Investigações Criminais da Polícia Civil confirmou nesta quinta-feira a prisão de um indivíduo, de 60 anos, que matou a sogra e tentou eliminar também a esposa em Canoas. “A parte mais surpreendente dessa história: o preso estava vivendo com sua companheira, exatamente a vítima sobrevivente do crime”, constatou o delegado Arthur Raldi. O crime ocorreu no dia 23 de julho de 2012 no bairro Fátima, em Canoas, quando o acusado desferiu diversas facadas nas duas mulheres, supostamente por não aceitar o término da relação da parceira.

A prisão do homem ocorreu na última quarta-feira na cidade de Palhoça, em Santa Catarina. A equipe da Decap cumpriu mandado judicial de prisão decorrente de sentença penal condenatória definitiva, expedido pela prática dos crimes de homicídio consumado e tentado.

Menos de um ano após o crime, o acusado foi colocado em liberdade provisória. No dia 31 de agosto de 2017 foi expedida a ordem judicial após a decretação de uma pena de 22 anos de reclusão. Desde então, o indivíduo não foi mais visto.

O paradeiro dele em Santa Catarina foi descoberto nas investigações dos agentes da Decap. O preso foi trazido para Porto Alegre, sendo depois enviado ao sistema penitenciário.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895