Arma que matou servidor penitenciário em Caxias do Sul é recuperada na ação policial na Capital

Arma que matou servidor penitenciário em Caxias do Sul é recuperada na ação policial na Capital

Além do autor do crime que foi encontrado morto, a companheira dele e um cúmplice foram presos

Correio do Povo

Está isolado apartamento no andar térreo de prédio na avenida Independência, em Porto Alegre

publicidade

A Polícia Civil confirmou a recuperação da pistola calibre 40 da Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe) usada para matar o servidor penitenciário Clóvis Antônio Roman, 54 anos, na madrugada da última segunda-feira na Unidade de Pronto Atendimento 24 Horas Zona Norte, em Caxias do Sul. A informação é da Delegacia de Polícia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DPHPP) da cidade da Serra à reportagem do Correio do Povo.

A arma estava no apartamento do andar térreo de um prédio residencial situado na avenida Independência, no sentido bairro-centro, perto da rua Santo Antônio, em Porto Alegre. No imóvel foi encontrado na manhã desta quarta-feira o corpo do detento conhecido como Mig, de 29 anos, da facção Os Manos. Ele teria tirado a própria vida no momento da chegada dos agentes da DPHPP de Caxias do Sul com apoio da Brigada Militar.

O foragido foi o autor dos tiros que mataram o servidor penitenciário, após se apossar da pistola do outro agente, de 42 anos, que estava ferido e caído depois de ter sido baleado no tiroteio no posto de saúde em Caxias do Sul.

Um dos envolvidos no ataque à unidade de saúde foi também preso no apartamento durante a operação nesta manhã. O imóvel foi isolado. O Instituto-Geral de Perícias foi acionado e enviou as equipes do Departamento de Criminalística e do Departamento Médico Legal.

Já um segundo suspeito foi capturado ao mesmo tempo em um imóvel localizado na rua Santa Cecília, no bairro Santa Cecília, na Capital, com participação dos agentes do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic). Em Três Cachoeiras, a companheira de Mig foi igualmente detida em uma ação da Brigada Militar.

Veja Também


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895