Assaltante que estuprava vítimas é preso pela Polícia Civil em Porto Alegre

Assaltante que estuprava vítimas é preso pela Polícia Civil em Porto Alegre

Criminoso agia há dois anos e atacava mulheres em estabelecimentos comerciai ou nas ruas da Zona Sul da Capital

Correio do Povo

Houve a apreensão de roupas, calçados, bonés, celulares, notebooks e facas, entre outros objetos

publicidade

A Polícia Civil anunciou nesta segunda-feira a captura do criminoso que estuprava mulheres durante roubos a estabelecimentos comerciais nos últimos dois anos em Porto Alegre. Com prisão preventiva decretada, o assaltante, de 44 anos, foi detido no final da tarde de sexta-feira passada em uma residência no bairro Santa Tereza. Houve a apreensão de roupas, calçados, bonés, celulares, notebooks e facas, entre outros objetos.

Os inquéritos policiais serão concluídos pela 6ª e 13ª DPs da Capital. As investigações tiveram participação do Departamento de Polícia Metropolitana (DPM) e apoio também do Instituto-Geral de Perícias que elaborou o perfil genético do estuprador até então desconhecido. Ele já foi reconhecido por nove vítimas ainda na sexta-feira e outras estão sendo aguardadas. Os ataques ocorreram nos bairros Cavalhada, Cristal, Guarujá, Tristeza e Vila Nova.

O bandido agia de duas formas. Na primeira, os alvos eram estabelecimentos comerciais, como lojas, mercados e salões de beleza, onde encontravam-se sempre mulheres sozinhas. O suspeito também agia na rua, sendo as mulheres arrebatadas e ameaçadas com facas. Ele posteriormente usava lacres plásticos para imobilizá-las e, dessa forma, cometia o estupro, roubando depois celulares e notebooks. O estuprador utilizava, em muitos casos, uma Asia Towner, um Chevrolet Corsa ou um Fiat Palio, para os deslocamentos na cidade.

De acordo com a Polícia Civil, o criminoso já havia sido preso em 2003 por um caso de estupro durante um roubo em Viamão.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895