Assassinato do empresário pode ter sido por motivo fútil em Nova Petrópolis

Assassinato do empresário pode ter sido por motivo fútil em Nova Petrópolis

Investigação da Polícia Civil já resultou na prisão do suspeito ainda na sexta-feira

Correio do Povo

Sepultamento ocorreu na manhã deste sábado no cemitério da cidade

publicidade

O titular da DP de Nova Petrópolis, delegado Camilo Pereira Cardoso, apura a possibilidade de que o empresário Josef Paulo Lüdke, 65 anos, foi assassinado por motivo fútil pelo suspeito que está preso desde a sexta-feira. Na residência do indivíduo, os policiais civis apreenderam roupas semelhantes às usadas pelo vulto que aparece nas imagens de uma câmera de monitoramento. Na casa, os agentes recolheram ainda algumas latas de cerveja levadas do local do crime, mas o telefone celular da vítima não foi encontrado.

O empresário foi morto na noite da última quinta-feira no empreendimento de lazer Property Eventos, de propriedade da família, situado no km 07 da ERS 235, no bairro Linha Imperial. A vítima chegou a ser socorrida e hospitalizada, mas não resistiu aos graves ferimentos.

Em entrevista na manhã deste sábado ao Correio do Povo, o delegado Camilo Pereira Cardoso revelou que o suspeito realizou há alguns meses um serviço de jardinagem e corte de grama em uma propriedade da vítima. No interrogatório, o indivíduo alegou que invadiu o local para apreciar a paisagem. “A vítima relatou que era um espaço privado e foi agredida sem explicação”, afirmou o titular da DP de Nova Petrópolis.

“É um cara bem frio. Foi muita brutalidade”, resumiu, referindo-se aos espancamentos cometidos pelo suspeito que provocaram traumatismo craniano e lesões contundentes pelo corpo do empresário. Uma enxada e um pedaço de pau, que teria sido usados no crime, foram apreendidos para a perícia. De acordo com o delegado Camilo Pereira Cardoso, a investigação terá prosseguimento para esclarecer completamente a motivação do assassinato e consolidar as provas obtidas contra o suspeito.

LUTO

Josef Paulo Lüdke era proprietário da conhecida Carnes e Embutidos Lüdke, O velório do empresário ocorreu na manhã deste sábado na capela do Cemitério Evangélico do Centro, seguido de cerimônia de despedida e depois sepultamento no Cemitério Evangélico do bairro Piá, em Nova Petrópolis.

Manifestações de pesar foram postadas nas redes sociais, como fez a Câmara Municipal de Vereadores de Nova Petrópolis que prestou apoio e solidariedade ao ex-vereador Rafael Nienow Lüdke, filho da vítima, e à família. " Passar por um momento como este não é nada fácil, principalmente quando somos obrigados a nos despedir de uma pessoa tão especial e querida. Um pai e um marido super dedicado à família, rodeado sempre de verdadeiros amigos, que certamente fará muita falta em nossas vidas", pronunciou-se o Poder Legislativo Municipal. desejando ainda que "a justiça seja feita", 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895