BM encerra buscas, mas segue investigação de quadrilha que atacou Sicredi de Itati
capa

BM encerra buscas, mas segue investigação de quadrilha que atacou Sicredi de Itati

Criminosos trocaram de veículo na fuga e não embrenharam-se nos matagais

Por
Correio do Povo

Levados pelos bandidos, três reféns foram levados junto em um Honda Fit que foi abandonado depois

publicidade

A Brigada Militar encerrou as buscas à quadrilha que assaltou a agência do Sicredi na tarde de segunda-feira na área central da cidade de Itati, no Litoral Norte. “A ação foi muito rápida. Não houve cordão humano e por isso evadiram-se rápido sem possibilidade de cerco porque as informações davam conta de troca de carro e fuga, sem ingresso em mato”, observou o comandante do 2º Batalhão de Policiamento em Áreas Turísticas (2º BPAT) da BM, tenente coronel Claudiomir Souza de Oliveira, na manhã desta terça-feira. “Estamos tentando buscar a autoria”, acrescentou.

No assalto, quatro criminosos fortemente armados se apossaram do dinheiro da agência e fugiram em um Honda Fit, com placas de Canoas, levando três reféns, incluindo o gerente, que foram libertados depois. O veículo foi abandonado em um matagal, sendo que os bandidos embarcaram em um outro carro não identificado. Acionada, a BM realizou então buscas na região. Imagens de uma câmera de monitoramento que mostram os criminosos no início da fuga estão sendo analisadas pela Polícia Civil que investiga o ataque. O Honda Fit está sendo periciado.