Brigada Militar captura mais cinco criminosos envolvidos no roubo com morte de vítima em Feliz

Brigada Militar captura mais cinco criminosos envolvidos no roubo com morte de vítima em Feliz

Buscas foram concentradas em São José do Hortêncio e resultaram ainda na apreensão de armas

Correio do Povo

Além de uma pistola e um revólver, os policiais militares apreenderam munições e coletes balísticos

publicidade

Após cerca de 15 horas, a Brigada Militar capturou os demais envolvidos no roubo a joalheria e ótica em Feliz, no qual resultou em uma vítima morta. Na madrugada desta sexta-feira, o efetivo da BM prendeu dois assaltantes e ainda mais três cúmplices juntos, encarregados pelo resgate dos fugitivos, durante buscas na localidade de Capela do Rosário, em São José do Hortêncio.

Houve a apreensão de uma pistola calibre 9 milímetros, um revólver calibre 38, 38 munições de ambas as armas, celulares, dois coletes balísticos e radiocomunicadores, bem como a recuperação da mercadoria levada do estabelecimento comercial. Um Chevrolet Prisma e um Fiat Ideia, que fariam o resgate da dupla de assaltantes, foram também recolhidos.

A mobilização policial contou com cerca de 80 policiais militares de batalhões do Vale do Caí e Vale do Rio dos Sinos, além do 1º Batalhão de Polícia de Choque de Porto Alegre e apoio do Batalhão de Aviação da BM. Incursões em matagais e barreiras em estradas vicinais foram realizadas durante a caçada ocorrida na região entre São José do Hortêncio, Linha Nova, Presidente Lucena e Picada Café.

Todos os presos possuem vasta ficha de antecedentes criminais e são oriundos de Novo Hamburgo. Um deles estava ferido, atingido acidentalmente por um comparsa quando o representante comercial foi baleado. Dois dos criminosos foram apontados como os que cometeram o latrocínio e os demais prestaram apoio logístico.

O latrocínio ocorreu na manhã de quinta-feira. Situada na avenida Maurício Cardoso, na área central de Feliz, a joalheria e ótica foi invadida por dois criminosos armados. Um terceiro bandido ficou aguardando no lado externo em um Renault Duster. Durante o roubo, o representante comercial Edevaldo Tonatto, 53 anos, foi baleado gravemente. Morador de Erechim, ele não resistiu e faleceu durante atendimento médico no Hospital Municipal Schlatter.

Após o roubo, os bandidos fugiram na Renault Duster. A Brigada Militar foi então mobilizada e localizou o veículo abandonado na localidade de São Roque, na zona rural de Feliz. No interior da Duster, os policiais militares encontraram manchas de sangue do assaltante ferido. Três potes com miguelitos e lacres de plástico foram recolhidos no veículo.

Em seguida, um Chevrolet Onix foi abordado na rodovia VRS 865, próximo ao pórtico de Presidente Lucena, no limite com Ivoti. Residente em São Leopoldo, um cúmplice dos assaltantes que dirigia o carro foi preso.

Com análise das imagens de câmeras de monitoramento e informações do setor de inteligência da BM, os policiais militares identificaram as características dos autores do crime. As buscas foram então concentradas durante a tarde e noite de quinta-feira, além da madrugada desta sexta-feira, na localidade de Capela do Rosário, em São José do Hortêncio, quando então foram presos os outros cinco criminosos.

 


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895