Brigada Militar intensifica policiamento ostensivo no entorno do Barra Shopping Sul após latrocínio

Brigada Militar intensifica policiamento ostensivo no entorno do Barra Shopping Sul após latrocínio

No bairro Vila Nova, o 1º BPM localizou veículo abandonado pelos assaltantes que mataram a jovem Cristiane da Costa dos Santos

Correio do Povo

Vítima levou um tiro na parada de ônibus na avenida Chuí

publicidade

A Brigada Militar vai intensificar ainda mais o policiamento ostensivo na região do entorno do Barra Shopping Sul, no bairro Cristal, em Porto Alegre, após a morte da jovem Cristiane da Costa dos Santos, 20 anos, durante assalto na noite da última quinta-feira em uma parada de ônibus na avenida Chuí. Em entrevista na manhã desta sexta-feira ao Correio do Povo, o comandante do 1º BPM, tenente-coronel Eduardo Michel, observou que havia uma viatura posicionada na rótula das avenidas Chuí e Diário de Notícias, distante cerca de 150 metros do local do latrocínio.

Os policiais militares desta viatura foram alertados por populares e imediatamente deslocaram-se até a parada de ônibus. “Foram ousados”, resumiu, referindo-se aos criminosos. Uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) atestou o óbito da vítima.

Conforme o comandante do 1º BPM, uma dupla de assaltantes armados desceu de um Ford Fiesta e atacou para levar os telefones celulares de três pessoas que estavam na parada de ônibus, incluindo a jovem. Há possibilidade de um terceiro bandido ter permanecido na direção do automóvel. Conforme as testemunhas, a vítima estava nervosa e demorou para entregar seus pertences, recebendo então um disparo de arma de fogo.

Veja Também

De acordo com o tenente-coronel Eduardo Michel, o efetivo do 1º BPM realizou buscas na área e na região da Zona Sul da Capital após o crime. O Ford Fiesta, em situação de roubo, foi então localizado abandonado no bairro Vila Nova, sendo recolhido para o trabalho do Instituto-Geral de Perícias. Pouco antes, um grupo de indivíduos tentou apropriar-se do carro e um indivíduo, com antecedentes por roubo a estabelecimento comercial, acabou detido.

Lamentando a morte da vítima, o 1º BPM emitiu nota oficial sobre o caso. ”O 1º Batalhão de Polícia Militar intensificou ações de patrulhamento e saturação na área com viaturas de policiamento ostensivo e de Força Tática, reforçado por guarnições do 1º e 3º Batalhão de Polícia de Choque e equipes de inteligência, no intuito de localizar e prender os autores do delito”, informou.

“Salientamos que o 1º BPM realiza ações constantes de policiamento ostensivo na região do ocorrido, através de patrulhamento motorizado, emprego de Base Móvel Comunitária, rondas ostensivas com apoio de motocicleta e permanência de viaturas em pontos base.

As ações de patrulhamento na região serão intensificadas e estaremos colaborando com a Polícia Civil na elucidação do crime”, enfatizou no comunicado. O latrocínio é investigado pela equipe da delegada Luciana Smith, titular da 20ª DP da Polícia Civil. Entre as diligências dos agentes estão a coleta de depoimentos das demais vítimas e testemunhas, buscas de imagens de câmeras de monitoramento e aguardo dos laudos periciais, entre outras.

Os policiais civis da 20ª DP começaram o trabalho investigativo ainda na noite de quinta-feira. A delegada Luciana Smith observou que a vítima não reagiu diante dos bandidos. “Os assaltantes pediram o celular dela. Ela se atrapalhou para entregar o aparelho e acabou sendo baleada”, disse. O tiro que levou atingiu o peito de Cristiane da Costa dos Santos, que trabalhava das 09h às 19h em uma loja de moda feminina e masculina no Barra Shopping Sul.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895