Buscas ao corpo de jovem desaparecida são retomadas em açude no interior de Soledade

Buscas ao corpo de jovem desaparecida são retomadas em açude no interior de Soledade

Policiais civis e bombeiros militares vasculham local onde já havia sido encontrada pertences da jovem desaparecida

Correio do Povo

Polícia Civil e o Corpo de Bombeiros Militar retomaram as buscas em um açude

publicidade

Na manhã desta sexta-feira, a Polícia Civil e o Corpo de Bombeiros Militar retomaram as buscas em um açude perto da ERS 153, na comunidade da Margem São Bento, na zona rural de Soledade. O objetivo foi tentar localizar o corpo de Paula Schaiane Perin Portes, 18 anos, desaparecida na noite do dia 10 de junho deste ano. A família da vítima acompanhou o trabalho que não resultou em nenhuma descoberta. No mesmo local já havia sido encontrado a bolsa da jovem na última terça-feira, contendo a carteira de identidade da vítima, um cartão bancário em nome da mãe dela e um carregador de celular, entre outros itens, além de duas pedras grandes dentro para que ficasse submersa na água.

O açude foi esvaziado na última terça-feira, mas ainda acumula uma certa quantidade de água e tem também lodo no fundo. As buscas nesta sexta-feira contam com o auxílio de um cão farejador trazido pelos bombeiros militares do 7º BBM.  

O caso é investigado pela delegada Fabiane de Vargas Bitencourt. Ela já havia dito na terça-feira que a localização dos pertences da vítima “para fins de investigação foi muito importante por que reforça a materialidade do crime de homicídio”. Segundo ela, os objetos pessoais da jovem são uma “prova circunstancial de suma importância” para o inquérito. Observou ainda que o açude fica nas proximidades das residências dos indiciados no inquérito.

“Não temos dúvida de que se trata de um homicídio qualificado com ocultação de cadáver. A autoria do crime já está esclarecida. Já temos provas contundentes”, afirmou. “Seguimos a investigação com o intuito de localizar o corpo e também o indivíduo que se encontra foragido até o momento”, declarou na ocasião.

O principal suspeito do crime, um indivíduo de 22 anos, está com prisão temporária decretada desde julho passado e encontra-se foragido. Outros três cúmplices já foram presos. O carro usado para transportar a vítima ainda não foi achado pelos policiais civis.

Na noite de 10 de junho, Paula Schaiane Perin Portes estava em um apartamento com amigas e recebeu uma mensagem pelo WhatsApp para se encontrar com o principal suspeito. Nas investigações, os policiais civis obtiveram imagens de câmeras de monitoramento que mostram a jovem chegando no local do encontro e sendo carregada inconsciente para dentro de um veículo pelos suspeitos já no início da madrugada do dia 11.


publicidade

publicidade

Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895