Capturado suspeito de atropelar e matar policial rodoviário em Santa Catarina

Capturado suspeito de atropelar e matar policial rodoviário em Santa Catarina

Foragido foi preso pela Polícia Militar e Polícia Civil em Blumenau

Correio do Povo

Criminoso estava escondido em um apartamento no bairro da Velha

publicidade

A caçada para capturar o foragido que atropelou e matou o policial rodoviário Alexandre Maciel chegou ao fim. A Polícia Militar de Santa Catarina e a Polícia Civil confirmaram a prisão do autor do crime em Blumenau. O foragido foi localizado no final da tarde de sábado passado em um apartamento na rua João Pessoa, no bairro da Velha.

Segundo o comando do 10º BPM da Polícia Militar, tenente-coronel Márcio Alberto Filippi, a informação do paradeiro dele foi dada pela inteligência da Polícia Civil, sendo então organizada uma operação conjunta.

Equipes policiais realizaram o cerco no local e cumpriram o consequente mandado de prisão expedido. Após a prisão, os policiais militares e civis encontraram cocaína e ecstasy no imóvel. O criminoso vai responder agora também por tráfico de entorpecentes.

Na noite de 24 de abril deste ano, no km 50 da SC 108, em Massaranduba, ao tentar abordar um Ford Fiesta, conduzido pelo suspeito que fugia de outras guarnições, o cabo Alexandre Maciel, 40 anos, da Polícia Militar Rodoviária, foi atropelado e morto. Após o acidente, o acusado abandonou o veículo e fugiu para uma área de mata.

Houve então uma mobilização para capturá-lo. Depois de cinco dias, entre área de mata e propriedades privadas, o foragido conseguiu roubar uma Volkswagen Amarok e foi para Blumenau.

A caminhonete foi avistada por policiais militares no bairro Vila Itoupava. Houve perseguição e o criminoso acabou abandonando-a no bairro Itoupava Central, refugiando-se em uma matagal.

No dia 3 deste mês, a Polícia Militar teve conhecimento de que o foragido teria conseguido render um morador na área norte de Blumenau e exigido que fosse levado para outro lugar da cidade. Com as novas informações, um novo cerco foi montado na área.

Por sete dias, a PM atuou em pontos estratégicos de cerco, policiamento ostensivo e patrulhamento tático, aliados ao trabalho de inteligência. Na tarde de sábado passado, o esconderijo do fugitivo foi finalmente descoberto. Além do 10º BPM, a prisão contou com a Divisão de Investigação Criminal da Polícia Civil de Blumenau.

De acordo com o delegado Rodrigo Raitez, a Polícia Civil chegou ao paradeiro do homem por meio de trabalho de inteligência e conseguiu identificar o local em que ele estaria escondido há alguns dias.

O fugitivo foi rendido em um quarto e logo se entregou. Ele não estava armado. Uma mulher também estava no imóvel, sendo suspeita de dar apoio ao criminoso. Ela será autuada igualmente por tráfico de drogas.


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895