Cocaína e pasta base, avaliadas em R$ 350 mil, vinham para Erechim, diz a PRF de Santa Catarina

Cocaína e pasta base, avaliadas em R$ 350 mil, vinham para Erechim, diz a PRF de Santa Catarina

Oriunda do Paraguai, a droga estava em veículo abordado pela PRF na BR 282,em Chapecó

Correio do Povo

Cadela Caveira farejou e aponto local onde estava oculto o entorpecente

publicidade

A cidade gaúcha de Erechim era o destino final dos cerca de 4,1 quilos de drogas, avaliados em R$ 350 mil, que foram apreendidos pela Polícia Rodoviária Federal na BR 282, em Chapecó, em Santa Catarina. Em torno de 2 quilos de cocaína e de 2,1 quilos de pasta base da droga estavam em um Fiat Punto. O veículo foi abordado no trecho da estrada na quinta-feira.

A motorista, de 28 anos, contou que voltava do Paraguai com compras para revender como “sacoleira”. No entanto, a cadela Caveira, do canil da PRF, deu sinal positivo para a presença de algum tipo de entorpecente no painel do automóvel.

Ao abrir o compartimento, os policiais rodoviários federais depararam-se com quatro pacotes contendo os entorpecentes e mais um volume com dinheiro.

A mulher foi então presa em flagrante. Ela confessou que receberia um pagamento para levar o veículo desde o Paraguai até Erechim. O caso foi repassado pela PRF para a Polícia Federal.


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895