Comando Ambiental da BM apreende mais de 500 quilos de animais abatidos na região do rio Jacuí

Comando Ambiental da BM apreende mais de 500 quilos de animais abatidos na região do rio Jacuí

Houve ainda o recolhimento de 380 munições, nove armas e mais de mil metros de redes de pesca na ação

Correio do Povo

Capivaras e tatus foram mortos pelos dois indivíduos presos

publicidade

O Comando Ambiental da Brigada Militar (CABM) anunciou a apreensão de mais de 500 quilos de animais abatidos por caçadores na região do rio Jacuí, no limite entre os municípios de Cachoeira do Sul e Rio Pardo. Houve ainda o recolhimento de cerca de 380 munições de vários calibres, nove armas e mais de mil metros de redes de pesca.

A operação foi deflagrada nessa quinta-feira pela patrulha do 2º Batalhão Ambiental da Brigada Militar (2º BABM). Houve duas prisões em flagrantes por porte ilegal de arma de fogo e crimes ambientais de caça e pesca ilegais. Houve ainda o recolhimento de 238 munições variadas, aproximadamente 13 quilos de carne de capivara e dois dourados. Ambas as espécies são nativas que têm a caça e pesca proibida.

Durante a ação, o efetivo do 2º BABM percebeu a aproximação de uma embarcação em outro acampamento próximo, sendo feita a abordagem. No barco foram encontradas grande quantidade de peixes e diversas redes.

Já no acampamento, os policiais militares apreenderam mais quatro espingardas de calibres 12, 22, 20 e de ar comprimido, bem como 142 munições, 480 kg de pescado, 14 quilos de carne de capivara, dois quilos de carne de tatu, um dourado e 1.050 metros de redes de diversas malhas.

A ocorrência foi encaminhada para a DP de Cachoeira do Sul. Os peixes e as carnes de caça foram destinados para o zoológico do município. Uma multa de mais de R$ 20 mil foi aplicada para um dos presos e uma outra de quase R$ 16 mil para o outro.


Mais Lidas


Correio do Povo
DESDE 1º DE OUTUBRO 1895